Literatura Gagá.

«Em Lisboa a sociedade dirigente é uma sociedade de conselheiros, de inspectores, de pares do reino e de cabrões. Todo o português de categoria é alguma coisa destas, largamente paga para, com os seus conselhos, inspecções, paresias e cabroagens, fazer as deliberações dos governantes cada vez mais estultas, as inspecções cada vez mais falcatruadas, as sessões parlamentares cada vez mais vergonhosas, e os Esganarelos cada vez mais chavelhudos». Literatura e política, ou política da literatura, «num país onde toda a mercadoria é cara, excepto o homem».
Fialho de Almeida actual, mais de cem anos após a sua morte. Também autor de Os Jornalistas e Outras Pasquinadas.

80 pp.
120x220mm
ISBN 978-989-95833-7-5
€12.72 (c/IVA)

1/1